Ganhadores da 2º edição do Prêmio Crianças mais Saudáveis participam de formação presencial em São Paulo

Docentes também receberão mentorias a distância e formações presenciais até novembro deste ano

Ministrada na sede da Fundação Nestlé Brasil, na capital paulista, a oficina utilizou-se da abordagem do Design Thinking, que visa solucionar problemas de forma colaborativa, e contou com a presença dos representantes dos dez projetos vencedores do Prêmio 2019. Os educadores vieram dos estados do Acre, Amazonas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

A formação teve início após a cerimônia de premiação, no dia 5 de junho, e teve duração de 12 horas, sendo encerrada no dia 6. Durante a oficina, conduzida por Denise Borges e Rayssa Winnie, ambas especialistas em formação educacional, os docentes foram estimulados a revisitar o projeto e a refletir sobre os objetivos do trabalho, indicadores, instrumentos de avaliação e resultados esperados. Os docentes retornaram às suas cidades com orientações e materiais de planejamento. Nos meses a seguir, eles receberão mentorias a distância e formações presenciais nas escolas.

Diferentemente da edição de 2018, que contemplou projetos de São Paulo e Bahia, este ano a iniciativa atingiu alcance nacional ao ser aberto a todo o País. O Prêmio 2019 recebeu 883 inscrições e 446 projetos, vindos de 26 estados brasileiros.

Confira abaixo a galeria de fotos: